Mestre Valdir da Mazuca é homenageado em Agrestina

A Secretaria de Cultura de Turismo de Agrestina e o Grupo Cultural Mazuca estão homenageando o Mestre Valdir da Mazuca. Ele foi um dos personagens das tradições mais antigas do Estado, a Mazurca, uma dança fruto da miscigenação entre negros, brancos e indígenas durante a colonização do país, que se fortaleceu na região do Agreste.

Foto: Adriano Monteiro

Foi na infância, com os pais e avós, que Valdir Manoel conheceu a tradição, na área rural Brejinho de Cajarana, onde residia. Aos oito anos de idade já cantava e dançava, imitando o som dos instrumentos ao passo que batia os pés no chão e na palma da mão, sem imaginar que um dia se tornaria um ícone da cultura popular pernambucana.

O Mestre Valdir da Mazuca morreu no dia 8 de abril do ano passado, deixando uma contribuição para a cultura do Estado de Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top