Vice-prefeito de Agrestina consegue prisão domiciliar

O vice-prefeito de Agrestina, Zito da Barra, vai sair do regime fechado e cumprirá prisão domiciliar. A decisão é do Desembargador do TRF-5, Edilson Pereira Nobre Júnior. O magistrado aceitou o pedido da defesa.

Zito da Barra é do grupo de risco da covid-19 e a defesa apresentou um laudo médico, no qual atesta que o paciente tem picos de pressão alta de difícil controle, com múltiplas avaliações e com evolução sem melhora, sugerindo avaliação para seguimento especializado e cuidado em regime domiciliar.

Já o prefeito Thiago Nunes, um secretário e uma empresária, seguem presos. Eles devem entrar com pedidos de habeas corpus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top