Chapa Dilma-Temer teve abuso de poder político e econômico, aponta relator

O relator do processo que julga a chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Herman Benjamin, defendeu seu parecer que aponta abuso de poder político e econômico na eleição de 2014. Ele disse na leitura de seu voto que o valor mais educativo da democracia é a aplicação da lei.

O presidente do TSE, Gilmar Mendes, mostrou posição antagônica e disse que é preciso frear a ânsia por cassações. Mais seis sessões foram marcadas para esta sexta-feira (09) e sábado (10).

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top