Iniciados os testes da Adutora do Siriji que beneficiará cidades do Agreste

Uma boa notícia para os moradores das cidades de Surubim, Bom Jardim, João Alfredo e Orobó, que estão sem abastecimento de água regular desde que a Barragem de Pedra Fina, localizada em Bom Jardim, entrou em colapso. A Compesa iniciou a fase de testes da Adutora do Siriji e, nas próximas semanas, essas cidades voltarão a receber água pela rede de distribuição. Tão logo os testes sejam concluídos, o governador Paulo Câmara irá fazer a vistoria final antes do início definitivo da operação.

A nova adutora  percorrerá  37 quilômetros com água da Barragem de Siriji, em Vicência, na Zona da Mata Norte, até se integrar ao Sistema Palmeirinha, situado em Bom Jardim, para  atender aquelas quatro cidades do Agreste pernambucano, a região mais castigada com a pior seca dos últimos 100 anos. Além disso, ajustes estão sendo projetados para que a água também possa atender outras cidades do Agreste Setentrional, enquanto não for construída a Adutora do Alto Capibaribe.

O projeto da Adutora do Siriji foi concebido em tempo recorde pelos técnicos da Compesa. “Em 90 dias, o projeto já estava nas mãos do governador Paulo Câmara, que demandou a iniciativa e negociou a execução da obra pelo Ministério da Integração Nacional, um investimento de R$ 34 milhões”, relembra o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

O gestor também informou que a partir da conclusão da obra  pelo Ministério da Integração, a operação passará para a responsabilidade da Companhia. Os testes prosseguirão nos próximos dias. O governador Paulo Câmara convidou o ministro Hélder Barbalho, da Integração Nacional, para a inauguração em breve.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top