Sport se impõe no segundo tempo e vence o Vera Cruz na estreia do Estadual

Ítalo comemora o gol de empate do Sport na partida – Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

O foco do Sport nesta semana está na partida ante o Athletico, que pode levar o time à Copa Sul-Americana. Porém, na noite desta quarta-feira (24), o Leão entrou em campo, pela estreia do Campeonato Pernambucano 2021. Em jogo realizado na Arena de Pernambuco, o Rubro-negro visitou o Vera Cruz, e começou a competição com o pé direito. Após sair atrás no placar, a equipe leonina se impôs na etapa complementar e fez 3×1 sobre o Galo das Tabocas.

O Sport entrou em campo tentando recuperar a imagem deixada na péssima campanha do Estadual passado. Recheado de pratas da casa, o Leão iniciou o duelo marcando pressão no campo defensivo do Vera Cruz, mas sem incomodar a meta defendida pelo goleiro Serginho. Com um ataque formado por Vinícius Popó e Paulinho, o Rubro-negro era facilmente parado pela zaga adversária. Com 15 minutos de bola rolando, o Galo das Tabocas já tomava conta do jogo e ameaçava o sistema defensivo leonino, principalmente, com Pedro Maycon e Romarinho. Retornando à elite depois de cinco anos, o time de Rômulo Oliveira foi coroado aos 35. Léo Cotia cruzou da direita e Pedrão mandou contra o patrimônio, na estreia de Carlos Eduardo na meta leonina.

Mais atento na segunda etapa, o Sport não deixou o Vera Cruz tomar conta da partida e logo ficou à frente no placar. Aos seis, Elias fez boa jogada pela direita e mandou na área. Após duas tentativas, Ítalo conseguiu deixar tudo igual. O gol despertou os rubro-negros, que ganharam um ânimo a mais com a expulsão do zagueiro Matheus Serra, na sequência. Sem diminuir o ímpeto, a virada veio quatro minutos mais tarde. Paulinho cobrou escanteio da direita e contou com falha de Serginho para emplacar um gol olímpico na Arena.

Abatido em campo, o Vera Cruz não esboçava poder de reação e via o Sport fazer uma verdadeira blitz. Em bons contra-ataques e jogadas trabalhadas, o Rubro-negro buscava liquidar a fatura. Em uma dessas espetadas, conseguiu o objetivo, aos 26. Vinícius Popó recebeu em velocidade e foi derrubado na área pelo goleiro Serginho. O árbitro Anderson Marques assinalou pênalti e, na cobrança, o jogador emprestado pelo Cruzeiro ampliou o placar, dando números finais ao encontro.

Ficha do jogo

Vera Cruz
Serginho; Léo Cotia, Ruan, Serra e Wendel; Ramires (Índio), Danielzinho (Sid), Romarinho (Manteiga) e Vitinho; Edson (Vítor Leão) e Pedro Maycon. Técnico: Rômulo Oliveira.

Sport
Carlos Eduardo; Elias (Arielton), Pedrão, Renzo (Ryan) e Victor Gabriel; Pedro, (Deyvson) Marcos Serrato, Ítalo e Pablo Pardal; Paulinho (Matheusinho) e Vinícius Popó (Igor). Técnico: Ricardo Severo.

Estádio: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Anderson Marques
Assistentes: Marcelino Castro e John Andson
Gols: Pedrão (contra), aos 35′ do 1T (VCR); Ítalo, aos 6′, Paulinho, aos 10′, e Vinícius Popó, aos 26′ do 2T (SPT)
Cartões amarelos: Matheus Serra, Ramires, Serginho (VCR); Ítalo, Renzo, Victor Gabriel, Pedrão (SPT)
Cartão vermelho: Matheus Serra (VCR)

Informações do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top