Náutico e Botafogo/SP ficam no 1×1 pela Série B 2020

Lances de Botafogo/SP x Náutico – Foto: José Bazzo / Agência Botafogo

Em um confronto direto de clubes que estavam na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, Náutico e Botafogo/SP empataram em 1×1, neste domingo (13), no estádio Santa Cruz. Na tabela, a colocação não mudou. Os paulistas permanecem em 19º, com 24. Os pernambucanos em 18º, com 28. O próximo compromisso dos comandados do técnico Hélio dos Anjos será quarta (16), contra a Chapecoense, na Arena Condá. 

Mesmo com 10 jogos a serem disputados para definir o futuro na Série B, Náutico e Botafogo/SP sabiam que o duelo deste domingo poderia significar um suspiro em meio ao sufoco da zona de rebaixamento ou mais um golpe duro nas pretensões de evitar a queda. Talvez por isso, o jogo teve certo nervosismo de cada lado. Os pernambucanos, em 18º, com 27, estavam em situação menos complicada que a do Botafogo/SP, 17º, com 23.

O Náutico teve uma boa chance de marcar, em chute cruzado de Vinícius. Fora isso, muito esforço e pouca criatividade. Ainda assim, o Timbu foi levemente superior no primeiro tempo. O problema é que, na primeira boa chegada do Botafogo/SP, a bola terminou no fundo das redes. Ronald cruzou e Anjos, sem marcação, cabeceou para o gol. Nos acréscimos, o time de Ribeirão Preto levou a vantagem para o intervalo.

O segundo tempo já começou com um susto do Botafogo/SP. Após cruzamento, Matheus Anjos desviou de peito para o travessão. Ciente da necessidade de mudar a equipe para buscar o empate, Hélio dos Anjos mexeu no setor ofensivo, sacando Jean Carlos e Vinícius para as entradas de Ruy e Erick. 

Mas a modificação que trouxe maior benefício ao Náutico surgiu depois. Com Dadá na vaga de Djavan, o Timbu ficou mais produtivo. Aos 33, foi do atacante o chute cruzado que terminou com o complemento de Paiva para o gol, empatando a partida.

O gol deixou os minutos finais do jogo em um duelo de contra-ataques. Um lá e cá de muita correria, porém sem a qualidade necessária para tirar o empate do marcador. O resultado de 1×1 ficou com um gosto menos amargo para os pernambucanos.

Ficha técnica

Botafogo/SP 1

Darley; Jefferson, Robson, Walisson Maia e Guilherme Romão; Val, Raniele e Matheus Anjos (Bady); Rafinha, Ronald, Wesley Pionteck (Cassio Ortega) e Michel Douglas (Judivan). Técnico: Moacir Júnior

Náutico 1

Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves (Rafael Ribeiro) e Kevyn; Djavan (Dadá), Rhaldney (Jhonnatan) e Jean Carlos (Ruy); Bryan, Paiva e Vinícius (Erick). Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Santa Cruz (Ribeirão Preto/SP)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo. Assistentes: Leila Naiara Moreira da Cruz e Kleber Alves Ribeiro (ambos do DF)
Gols: Matheus Anjos (aos 45 do 1ºT) e Paiva (aos 33 do 2ºT)
Cartões amarelos: Val, Robson (B); Kevyn, Vinícius, Jhonnatan, Bryan (N)

Informações do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top