Santa fica no 0x0 com o Brusque

Santa ficou no 0x0 com o Brusque – Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

A estreia do Santa Cruz no Grupo C do quadrangular da Série C do Campeonato Brasileiro terminou em um empate sem gols. O Tricolor ficou no 0x0 com o Brusque, no Augusto Bauer, neste domingo (13). Não por falta de chances. Foram três bolas na trave no jogo, sendo duas dos mandantes. Os outros times da chave jogam na segunda (14). No Olímpico, em Goiás, o Vila Nova recebe o Ituano. A Cobra coral volta a campo no próximo sábado (19), contra o Vila, no Arruda.

Com dificuldades em fazer jogadas de lado ou triangulações, o Brusque não teve criação ofensiva nos primeiros minutos. Melhor para o Santa Cruz. Foi dele o primeiro grande momento da partida. Pipico invadiu a área e cruzou de bico. Lourenço não alcançou, mas Toty deu um carrinho. A bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo, travando o grito de gol da garganta dos pernambucanos.

O Brusque só acordou no jogo quando Thiago Alagoano decidiu colaborar na criação das jogadas. Na primeira boa movimentação, ele deu passe para Rodolfo Potiguar soltar uma bomba para a boa defesa do goleiro Maycon Cleiton. Em seguida, outro susto. A trave, vilã da Cobra Coral inicialmente, salvou os visitantes. Ronaell cruzou e a bola acertou o poste do Santa.

Atrás do empate para não iniciar o quadrangular com uma derrota, o Brusque apostou nos chutes de longa distância. Em um deles, Zé Mateus obrigou Maycon Cleiton a fazer ótima defesa. No lado coral, a rede até balançou, mas não valeu. Lourenço empurrou para o gol, mas o árbitro assinalou falta de Pipico no início da jogada.

O Santa aparentou desgaste nos minutos finais, dando espaço para o Brusque pressionar. As modificações corais, como as entradas de Leonan e André, não trouxeram evolução ao Tricolor. No final, o coração dos tricolores parou: Zé Mateus cobrou falta, Garcez desviou, a bola acertou a cabeça de Marco Antônio e parou no travessão O último suspiro antes do apito final decretando o 0x0.

Ficha técnica

Brusque 0
Ruan; João Campos (Edilson), Everton Alemão, Claudinho, Ronaell (Neguetti); Escuro (Indio), Zé Mateus e Rodolfo Potiguar; Jefferson Renan (Marco Antônio), Thiago Alagoano e Garcez. Técnico: Jerson Testoni

Santa Cruz 0 
Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Perí; Bileu, Paulinho (André) e Tinga (Leonan); Lourenço, Didira (Jeremias) e Pipico. Técnico: Marcelo Martelotte

Local: Estádio Augusto Bauer (Brusque/SC)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ); Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Cartões amarelos: Rodolfo Potiguar, Escuro (B); Peri, Bileu (S)

Informações do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top