Segue em Caruaru série de tremores de terra, mas com baixa intensidade

A população não sente, mas a série de tremores de terra continua acontecendo em Caruaru, Agreste de Pernambuco. Durante o mês de agosto e até este sábado (19), a terra tremeu quase 300 vezes. O maior abalo sísmico desta série foi de 2.5 graus na escala Richter.

Os registros são do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN, que mantém estações sismográficas instaladas no Agreste.

Recentemente, a equipe do professor Eduardo Menezes, mestre em geofísica da UFRN esteve em Caruaru, trabalho acompanhado pelo jornalismo da Rádio Liberdade 94,7. O monitoramento é feito 24 horas.

Novos equipamentos poderão ser instalados em Caruaru, com apoio da Defesa Civil do município. Isso irá melhorar o detalhamento da atual atividade sísmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top