Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil começam a pagar cotas do PIS/Pasep

Foto: Caixa/Divulgação

Os trabalhadores que tiveram carteira assinada entre 1971 e 1988 podem sacar, a partir desta segunda-feira (19), as cotas do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Ao todo, 22 bilhões e 700 mil reais estarão disponíveis e que podem ser sacados por 11 milhões e 900 mil trabalhadores.

A liberação dos recursos é parte do programa “Saque Certo” do governo federal, que também flexibilizou o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Na medida, o governo retirou as exigências para que trabalhadores com cotas no PIS/Pasep pudessem sacar o dinheiro. Antes, era preciso ter ao menos 60 anos de idade ou se aposentar. Agora, todos podem pegar as cotas e não há prazo limite para que os beneficiários possam pegar o dinheiro das cotas. A cota do PIS/Pasep é única. Então, só tem dinheiro a receber quem não fez o saque anteriormente.

A Caixa, que administra o PIS, e o Banco do Brasil, que administra o Pasep, começam a depositar o dinheiro nas contas dos correntistas das duas instituições. Os demais cotistas poderão fazer os resgates conforme calendário divulgado pela Caixa e o Banco do Brasil.

Veja tabelas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top