General pernambucano Joaquim Silva e Luna é nomeado presidente da Petrobras

Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demitiu, na noite desta sexta-feira (19), o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Para o cargo, foi nomeou o general pernambucano Joaquim Silva e Luna, atual presidente da Itaipu Binacional. O militar também é ex-ministro da Defesa, ocupando a pasta no fim do governo Michel Temer.

O anúncio foi feito no Facebook de Bolsonaro, com uma nota do Ministério de Minas e Energia. “O governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco”, afirma a postagem.

Aos 71 anos e nascido em Barreiros, na Zona da Mata de Pernambuco, o general Silva e Luna é doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (1987/88). No Ministério da Defesa foi ainda secretário-geral da pasta, onde também foi secretário de Pessoal Ensino, Saúde e Desporto. O pernambucano foi o primeiro militar a ocupar o ministério desde a criação da pasta, em 1999.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top