Homem é baleado em Cupira e morre no HRA; Sargento morre durante tentativa de fuga em Penitenciária – Rádio Liberdade
Destaques Notícias Últimas Notícias

Homem é baleado em Cupira e morre no HRA; Sargento morre durante tentativa de fuga em Penitenciária

Registrados 13 homicídios em Pernambuco nas últimas 24 horas, 7 na Região Metropolitana do Recife e 6 no interior. No ano o número de assassinatos no Estado chega a 404, sendo 177 no Grande Recife e 227 no interior.

Em Caruaru, um adolescente de 16 anos foi assassinado na noite desta quarta-feira (13), no Residencial Alto do Moura. Sérgio José da Silva Filho foi morto a tiros por dois homens em uma moto.

O Samu foi acionado, mas quando a equipe chegou ao local a vítima já estava em óbito. Segundo a família, o adolescente era usuário de drogas e já teve passagem pela Funase.

Este foi o segundo homicídio em menos de 24 horas. No início da manhã, o flanelinha José Enoque Torres dos Santos foi assassinado com uma facada nas costas, na Avenida Rio Branco, centro da cidade.

Neste mês de fevereiro já são 5 assassinatos registrados no município e 22 crimes neste ano de 2019.

Na cidade de Cupira, um casal foi baleado em frente a uma loja. Luiz Rodrigo de Melo, 53 anos, e Adelma Maria da Silva, 32, foram abordados por dois homens em uma moto.

As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru. Luiz Rodrigo não resistiu e faleceu. A mulher não corre risco de morte.

Na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, uma tentativa de resgate de detentos resultou na morte de um sargento da Polícia Militar, na noite desta quarta. Um grupo teria tentado invadir a unidade prisional para resgatar alguns presos.

Na troca de tiros o sargento Rinaldo Azevedo Campelo, 49 anos, foi atingido na cabeça. Ele foi socorrido para o Hospital de Itamaracá, mas não resistiu e faleceu.

Os bandidos derrubaram uma árvore na estrada para dificultar a chegada de reforço policial. A situação foi controlada com a chegada do Batalhão de Choque.

Deixe seu comentário