Hugo Cabral decide, Santa Cruz elimina Retrô e segue vivo na Série D do Brasileiro

Hugo Cabral, artilheiro do Santa na Série D – Foto: Evelyn Victoria/Santa Cruz

Hugo Cabral. O nome da classificação do Santa Cruz ao mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. O homem que incendiou o pré-jogo contra o Retrô, com declarações fortes, que fugiram ao tom cauteloso. O artilheiro do time na competição. Eram muitos rótulos nos ombros do atacante. Agora, ele tem mais um: herói no avanço às oitavas de final. Com dois dele, o Tricolor derrotou a Fênix por 2×1, nesta segunda (1º), na Arena de Pernambuco. A Cobra Coral enfrentará na próxima fase o Tocantinópolis.

O lado direito do Santa Cruz ganhou duas novidades no mata-mata. Na lateral, desde o duelo de ida, Feijão tem ocupado a vaga de Edson Ratinho, que deixou o clube. No meio-campo, Anderson Ceará ficou com o lugar de Matheuzinho – surpresa na escalação coral na Arena. Foi a dupla quem iniciou um contra-ataque fatal, que passou pelos pés de Raphael Macena e terminou com a conclusão de Hugo Cabral, fazendo 1×0.

Era cedo para se acomodar com a vantagem. Mas foi exatamente isso que o Santa fez. O Retrô não se abalou com o gol. Aos 17, Radsley recebeu pelo meio e achou um espaço para bater colocado e empatar o confronto.

O Retrô esteve perto do gol da virada. Serafim chutou cruzado e Mascote, de carrinho, por pouco não fez o segundo dos mandantes. Justo no momento em que a Fênix estava melhor, o Santa reagiu. Novamente com Hugo. O atacante recebeu ótimo passe de Daniel Pereira e bateu na saída de Jean para deixar os tricolores mais perto das oitavas.

Faltou mais capricho

O primeiro tempo teve três gols e, pelas chances criadas no início do segundo, a contagem parecia próxima de aumentar. Mas não foi o que aconteceu. Gustavo Ermel, na pequena área, desperdiçou ótima oportunidade, finalizando por cima. A resposta coral foi com Alemão, em cabeçada que acertou o travessão.

O Retrô pressionou até o fim. Diego Cardoso, na cara do gol, parou em Jefferson. Ermel tentou achar Mascote na área, mas o atacante não alcançou a bola.  Nos acréscimos, Arthur, do Santa, ainda foi expulso. A Fênix tentou, mas o representante pernambucano na próxima fase da Série D é o Santa Cruz.

Informações FolhaPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top
error: O conteúdo está protegido !!