Santa acaba com jejum de vitórias no Arruda e derrota Volta Redonda

Pipico, atacante do Santa Cruz – Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Após quase cinco meses e 10 jogos de jejum, sendo seis pelo Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro 2021, o Santa Cruz voltou a vencer como mandante. Nesta segunda (30), o Tricolor bateu o Volta Redonda por 2×1, no Arruda, ficando quatro pontos abaixo do Altos/PI, oitavo colocado do torneio e primeiro fora da zona de rebaixamento.

Duas jogadas completamente diferentes e com desfechos também distintos e surpreendentes. Luciano Naninho mandou um lançamento perfeito para MV. Lance de cartilha dos passes precisos. O atacante ficou frente a frente com Jordan e teve tudo para marcar um golaço no Arruda. O chute, contudo, parou nas mãos do goleiro.

Depois de uma jogada bonita, uma bizarra. Daquelas que raramente acontecem, mas quando ela ocorre, entra na lista de lances bizarros. Grassom tentou sair jogando e deu um chutão. A bola, porém, encontrou o pé de Pipico no meio do caminho. No lugar de ir rumo ao meio-campo, ela voltou à meta de Vinícius, morrendo no fundo das redes. Incredulidade dos cariocas e festa dos pernambucanos.

O Volta Redonda sentiu o gol e não conseguiu pressionar os mandantes. No Santa, Jailson era o nome da partida, seja na armação como na finalização, em chute de longa distância que parou na boa defesa de Vinícius.

“Matar o jogo”. Esse foi o calo do Santa Cruz no duelo perante a Jacuipense, no empate em 1×1. Problema que se repetiu diante do Volta Redonda. O Tricolor tinha mais posse, pressionava, mas não acertava a pontaria. Aos 26 do segundo tempo, o Volta Redonda mostrou o que acontece com o time que não define a partida. Pedrinho recebeu na área, limpou a marcação e bateu colocado para fazer 1×1.

O roteiro do empate frustrante, todavia, não foi escrito novamente. Graças a Breno Calixto, que subiu alto para cabecear e fazer 2×1 no Arruda. Após mais de quatro meses, o Tricolor voltou a vencer como mandante, chegando aos 11 pontos no Grupo A da Série C. O sonho de evitar o rebaixamento segue vivo.

Ficha técnica

Santa Cruz 2

Jordan; Lucas, William Alves, Breno Calixto, Leonan; Maycon Lucas (Caetano(Bruno Moraes)), Tarcísio (Vitinho), Jaílson e Levi (Frank); Wallace (Elias) e Pipico. Técnico: Roberto Fernandes.

Volta Redonda 1

Vinícius Dias; Júlio Amorim, Grassom, Heitor e Luiz Paulo (Davison), Bruno Barra, Emerson Jr. e Luciano; MV (Orlando), Pedrinho, Olávio. Técnico: Neto Colucci.

Local: Arruda (Recife/PE)
Arbitragem: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Ruy Cesar Lavarda Ferreira e Luiz Fernando Viegas Colete (MS)
Quarto árbitro: Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho (PE)
Gols: Pipico (aos 10 do 1ºT), Pedrinho (aos 29 do 2ºT) e Breno Calixto (aos 34 do 2ºT)
Cartões amarelos: Maycon Lucas, Bruno Moraes, Wallace (S); Luiz Paulo, Júlio Amorim, Walison, Pedrinho (V)
Cartão vermelho: Heitor (V)

Informações do Portal FolhaPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top