No dia em que Cazuza completaria 63 anos de vida, Almério e Ney Matogrosso lançam versão do hit “Brasil”

Com a colaboração de Ingrid Rafaelly

Almério e Ney Matogrosso, um dos grandes amigos de Cazuza, lançaram neste domingo o hit “Brasil”, uma das músicas que marcaram a carreira de Cazuza. O lançamento vem antes do álbum “Tudo é Amor – Almério canta Cazuza”.

Segundo o Jornal Extra, Almério explicou: “Cantar ‘Brasil’ já é um mar de desafios, por muitos motivos. Eu precisava de uma voz poderosa como a do ‘Planeta Ney’, que foi de uma generosidade e beleza de emocionar o mundo”.

Foto: Ana Migliari / Divulgação

A empresária carioca, Ione Costa, teve a ideia de convidar Almério para poder se aprofundar na criação do cantor: “Eu paralisei por alguns segundos, e logo começou a surgir muita inspiração. Sou do Agreste de Pernambuco, nasci na cidade de Altinho, de família humilde. Era 1993 quando meu irmão, de mais idade do que eu, começou a trabalhar em Caruaru e lá ele comprou o primeiro CD: era uma coletânea de Cazuza.”

O álbum foi gravado entre novembro e dezembro de 2020 no estúdio paulistano Space Blues, com produção musical feita por Pupilo Oliveira, sob direção artística de Marcus Preto. A previsão de lançamento do álbum é para maio deste ano.

O repertório de “Tudo é Amor” é composto por onze músicas, incluindo “Amor amor” (Cazuza, Roberto Frejat e George Israel, 1984). A música-título “Tudo é amor” é parceria de Cazuza com Laura Finocchiaro, lançada por Ney Matogrosso no mesmo ano de “Brasil”, em gravação feita para o álbum Quem não vive tem medo da morte (1988).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top