Mesmo com derrota, Flamengo é campeão brasileiro da Série A

Flamengo é campeão brasileiro de 2020 – Foto: Arte/Flamengo

Uma vez Flamengo, sete vezes Flamengo. A Série A do Campeonato Brasileiro 2020 só acabou em 2021, mas com um repeteco da imagem vista em 2019, com os rubro-negros comemorando mais uma conquista na elite nacional. A sétima na história. O clube se denomina octacampeão, ao adicionar na lista de glórias o ano de 1987, contudo a CBF não reconhece os cariocas, mas sim o Sport como detentor da taça. O feito dos comandados do técnico Rogério Ceni veio sem a mesma facilidade do Brasileirão anterior. O título foi obtido apenas na última rodada e, por ironia, com uma derrota por 2×1 para o São Paulo. A sorte é que o Internacional, que também brigava pelo topo, ficou no 0x0 com o Corinthians, no Beira-Rio.

Assim como em 2009, o Flamengo de 2020/2021 assumiu a liderança do Brasileirão apenas na penúltima rodada, ao vencer justamente o Inter, por 2×1, no Maracanã. Outra curiosidade é que, há 12 anos, os cariocas também brigavam com os colorados pelo troféu. Ainda no campo das comparações, essa foi a segunda vez que o time da Gávea foi campeão longe do Maracanã. A outra foi em 1982, diante, coincidentemente, de um gaúcho. Porém, um que vestia azul. A equipe derrotou o Grêmio, por 1×0, no antigo Olímpico.

O título também tem uma sensação no mínimo curiosa para Rogério Ceni. Ídolo do São Paulo, ele nunca venceu o ex-clube como treinador. O tabu permanece, mas não atrapalhou a festa dos visitantes. Justamente no Morumbi, estádio que o antigo goleiro fez história como atleta com a camisa tricolor e, agora, como técnico, mas vestindo o manto vermelho e preto. 
 
A última rodada do Brasileirão também definiu os classificados à Libertadores e pré-Libertadores, os times que disputarão a Copa Sul-Americana em 2021 e os rebaixados à Série B. No primeiro bloco, estão Flamengo, Internacional, Atlético-MG, São Paulo e Palmeiras. Fluminense, Grêmio e Santos estão, por enquanto, na fase preliminar do torneio continental. Isso pode mudar, porém, se o Verdão ganhar a Copa do Brasil. O G4 vira G5 e o tricolor carioca também entra direto. Se for o Imortal gaúcho o ganhador do mata-mata nacional, é ele que entra na fase de grupos.
 
Athletico, Corinthians, Red Bull Bragantino, Ceará, Atlético-GO e Bahia estão na Copa Sul-Americana. Botafogo, Coritiba, Goiás e Vasco foram rebaixados à Série B.

Informações do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top