Polícia Federal deflagra operação para investigar desvios de verbas do SUS em Timbaúba

Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (03), em Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, a “Operação Desmame”. O objetivo é apurar suspeita de crimes contra a administração pública e lavagem de dinheiro.

Segundo a investigação, os crimes estão relacionados a contratos de fornecimento de medicamentos e material hospitalar, entre 2013 e 2016, no valor total de 7 milhões e 900 mil reais. Os alvos da operação são políticos, empresários, servidores e ex-servidores da Prefeitura de Timbaúba, dentre os quais os prefeitos do município que se sucederam no período sob investigação.

Inquérito policial foi instaurado há quatro anos, quando a PF recebeu denúncia anônima e averiguou a procedência das informações, as quais noticiavam direcionamento em licitações, com favorecimento a uma distribuidora sediada em Timbaúba, e irregularidades na execução de contratos que contavam com aporte de recursos federais do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o cumprimento de mandados de busca e apreensão em dez endereços em Recife, Olinda e Timbaúba, foram alocados cerca de 50 policiais federais. Há suspeitas da prática de crime de fraude à competitividade em processos licitatórios, desvio de recursos públicos praticado por prefeitos e lavagem de dinheiro, cujas penas, somadas, podem chegar a 26 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top