Hemope Caruaru sofre com baixa nos estoques de sangue desde o ano passado

É preocupante o estoque de bolsas de sangue do Hemope em Caruaru, Agreste Pernambucano. Desde o início da pandemia da covid-19, o número de doações vem diminuindo de forma expressiva a cada mês. Atualmente, a situação está crítica para todos os tipos sanguíneos, o mês de janeiro está finalizando e as doações continuam baixas.

Maria José Menezes, captadora do Hemope relata todas as dificuldades nesse período. “Nesse momento que a gente está vivenciando, o período de janeiro e desde o ano passado, a gente teve uma queda principalmente nos grupos O-. Convocamos muitos doadores e eles atenderam o nosso pedido, mas a gente sabe que vivemos em campanhas permanentes. Sabemos também que todos os grupos de sangue são importantes, o O – e os negativos como a gente fala, são grupos raros e poucas pessoas tem esses grupos sanguíneos. E o chamamento maior em cima dessas pessoas, mas lembramos que todos os grupos são importantes nesse momento”, explica.

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade. É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto (identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho). Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses, para homens, e quatro meses, para mulheres.

O horário de funcionamento do Hemope é de 7h30 às 12h e das 13h30 até às 17h. Existe também o agendamento para a coleta do sangue onde o doador pode agendar através do número 81 3719-9569. A unidade da Capital do Agreste, fica localizada na Avenida Oswaldo Cruz, sem número, vizinho ao Hospital São Sebastião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top