Violência: 28 pessoas assassinadas em Pernambuco na véspera e dia de Natal

Foto: Julya Caminha/FolhaPE

O Natal foi marcado pela violência em Pernambuco, com 28 homicídios. Os crimes aconteceram na quinta (24) e na sexta (25), véspera e dia de Natal. Com estas mortes, subiu para 209 o número de pessoas assassinadas neste mês de dezembro no Estado. De janeiro até agora são 3.669 homicídios.

Em Serra Talhada, no Sertão, um policial militar foi assassinado na véspera de Natal, na Avenida Antônio Inácio de Medeiros, bairro IPSEP. Sevas Nogueira Rodrigues de Carvalho, 41 anos, foi morto dentro do carro que conduzia. Homens encapuzados e fortemente armados efetuaram vários tiros contra a vítima. Após o crime os assassinos fugiram sem serem identificados.

Em Lajedo, no Agreste, uma discussão entre um casal terminou em morte, no Loteamento Vilela. Rosa Maria de Jesus, 65 anos, foi morta a facadas pelo companheiro Joselito Feitosa Dias, 56. O corpo da mulher apresentava cerca de 15 perfurações. O feminicídio aconteceu nesta sexta-feira.

No Recife, um sargento reformado da Polícia Militar foi preso nesta sexta-feira (25) após matar a esposa, no Alto do Mandu. A cabeleireira Anna Paula Porfírio dos Santos, 45 anos, foi morta a tiros no quarto do casal após a ceia natalina. Ademir Tavares de Oliveira, 53 anos, foi autuado em flagrante por feminicídio.

Em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, aconteceu uma chacina na véspera de Natal. Quatro homens foram executados a tiros. Segundo a polícia, o crime pode ter ligação com o tráfico de drogas. As vítimas tinham entre 19 e 39 anos.

Em Caruaru, dois jovens sofreram tentativas de homicídios no dia de Natal.  No bairro Maurício de Nassau, Jhonso da Silva Leandro, 22 anos, foi atingido com um tiro próximo do Cemitério Dom Bosco e socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional do Agreste (HRA). No bairro do Salgado, foi esfaqueado Everton Felipe de Souza, 23 anos. Ele também foi socorrido para o HRA. O agressor foi um primo da vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top