Professores da rede estadual de Pernambuco decretam greve contra retorno das aulas presenciais

Foto: Helenivaldo Pereira/Arquivo Liberdade

Em votação realizada na tarde desta quarta-feira (30), através de assembleia virtual, os professores da rede estadual de ensino de Pernambuco decidiram decretar greve. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), mais de 1.500 profissionais decidiram pela paralisação.

Na sexta-feira (02), uma comissão volta a se reunir com o Governo do Estado e nova assembleia será realizada na segunda-feira (05). O dia 6 de outubro foi a data estabelecida para o retorno das atividades presenciais, começando com as turmas do terceiro ano do Ensino Médio.

O Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro), que reúne profissionais das escolas da rede particular de ensino, decretou estado de greve. A categoria também reage à decisão do Governo do Estado de permitir a volta das aulas presenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top