Sindicato denuncia superlotação e abandono de macas no Hospital Regional do Agreste

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem de Pernambuco (SATENPE) voltou a denunciar superlotação no Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, Agreste pernambucano. De acordo com Carlos Roberto Pereira, representante da entidade, a superlotação aconteceu nos corredores e na sala de recuperação do bloco cirúrgico, espaço para 17 pacientes, mas estava com 40 pessoas no fim de semana.

O sindicalista denunciou também que macas e camas estão ao relento e sem manutenção. Com isso, são ocupadas as macas das ambulâncias. Ainda segundo o Carlos Roberto, a comida servida aos funcionários estava estragada.

NOTA

Em nota, a direção do HRA informou que, em relação à alta demanda de pacientes, a unidade precisa atender todos os casos de emergência, que são crescentes no final de semana, recebendo vítimas de acidentes, agressões físicas ou por armas, dentre outros, e vem trabalhando para que o atendimento seja agilizado.

Esclarece que a entrega de EPIs e todos os protocolos de prevenção e higiene vem sendo cumpridos. Em relação às macas e camas, estão sendo catalogadas, de acordo com o tombamento, para serem recuperadas ou inutilizadas, conforme a situação de cada equipamento.

Sobre a comida, a unidade desconhece, pois todas as refeições são preparadas diariamente, seguindo as recomendações de higiene e conservação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top