Morre em São Paulo o sanfoneiro paraibano Pinto do Acordeon

Morreu na madrugada desta terça-feira (21), em São Paulo, o cantor Pinto do Acordeon, aos 72 anos, vítima de câncer. Ele era natural de Conceição, no Sertão da Paraíba, e estava internado há vários dias.

Mestre Pinto do Acordeon ganhou nome nacional como interprete, compositor e sanfoneiro. Ficou conhecido quando fazia parte das apresentações da trupe de Luiz Gonzaga. Ele foi vereador em João Pessoa entre 1993 e 1997.

O artista gravou seu primeiro LP em 1976 e na atualidade detém em torno de 20 álbuns gravados em seu nome (entre CDs e LPs), já tendo composto músicas para Elba Ramalho, Genival Lacerda, Dominguinhos, Fagner, Os 3 do Nordeste e Trio Nordestino. Um de seus sucessos, “Neném Mulher”, ficou consagrada na voz de Elba Ramalho e foi tema da telenovela Tieta.

O corpo de Pinto do Acordeon será velado no cemitério Parque das Acácias, no bairro do José Américo, em João Pessoa, a partir das 16h. O enterro, no entanto, será em Patos, no Sertão paraibano, nesta quarta-feira (22).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top