Governo não inclui volta do futebol em quinta etapa do Plano de Convivência com a Covid-19

O retorno dos eventos esportivos em Pernambuco não foi incluído pelo Governo do Estado na quinta etapa do Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, apresentado nesta terça (30), com as presenças dos secretários de Saúde, André Longo, de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, e de Planejamento, Alexandre Rebelo. Sendo assim, a data da volta do Campeonato Pernambucano 2020, paralisado desde o dia 16 de março, por conta do novo coronavírus, segue indefinida.

“Não temos a data para o retorno dos jogos de futebol profissional. Adiamos e retiramos os jogos, como também os polos de confecções, da quinta etapa. Ainda vamos definir em que ponto eles serão incluídos, analisando a semana epidemiológica 27. Vamos procurar a federação para um diálogo sobre o calendário. O que podemos adiantar é que (o regresso) não será na semana do dia 6 (de julho) e nem há previsão para a semana do dia 13”, afirmou Longo.

O Pernambucano foi paralisado antes da realização da última rodada da primeira fase. Momento de definição dos classificados ao mata-mata e dos times que brigarão em um quadrangular contra o rebaixamento à Série A2. Os jogos que acontecerão serão Sport (5º) x Santa Cruz (1º), Afogados (6º) x Vitória (10º), Salgueiro (2º) x Náutico (4º), Decisão (9º) x Central (7º), Retrô (3º) x Petrolina (8º). Além de separar uma data para esses confrontos, será preciso dedicar mais quatro – uma para as quartas de final, uma para as semifinais e duas para as finais. 

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top