Com vínculo praticamente encerrado, Santa tenta segurar Victor Rangel

Victor Rangel, centroavante do Santa Cruz (Foto: Rafael Melo/Santa Cruz)

O fim do contrato de Victor Rangel com o Botafogo se encerra nesta quinta (30), assim um ponto final também é colocado no vínculo de empréstimo do centroavante com o Santa Cruz. O atleta de 29 anos chegou ao Recife em fevereiro para disputar o Campeonato Pernambucano, como parte da negociação envolvendo o lateral-direito Warley, integrado ao elenco carioca. Mesmo com um salário acima do que pode custear, o Tricolor segue em contato com o empresário do jogador, Sandro Zardo, na tentativa de emplacar a permanência de Rangel pelas bandas do Arruda.

Questionado se as conversas se encaminham para a continuidade do atacante no clube, Zardo disse que ambas as partes vão tentar viabilizar o acerto “da melhor forma possível”. Mesmo diante do comum desejo pela continuidade do trabalho de Rangel no Santa, emplacar sua permanência no Recife não será tarefa fácil. Acontece que no Botafogo, o atacante recebia um salário acima de R$ 60 mil – com o salário integral sendo pago pelo clube carioca-, patamar muito aquém do que pode arcar o clube pernambucano. Em outras ocasiões, o centroavante se mostrou disposto a reduzir seus vencimentos pela metade, mas o apelo ainda extrapola as condições financeiras da Cobra Coral.

Endossando o discurso do agente, ainda assim, o executivo de futebol do Santa, Nei Pandolfo, contou que as negociações seguem. “Estamos conversando. O atleta tem interesse em permanecer, o clube também quer manter o atleta. Vamos continuar negociar para a permanência do jogador”, disse, sem detalhar uma data para a definição das tratativas.

Victor Rangel disputou seis jogos com a camisa coral e marcou um gol, justamente no triunfo por 2×0 do Tricolor perante o Náutico, pela sétima rodada do Campeonato Pernambuco.

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top