Coronavírus provoca atraso de pagamento do Flamengo ao Náutico por Thiago

Thiago foi vendido ao Flamengo (Foto: Léo Lemos/Náutico)

A crise financeira provocada pelo novo coronavírus trouxe um efeito negativo ao Náutico com relação ao pagamento referente à venda do jogador Thiago. O Flamengo, clube que contratou o prata da casa alvirrubro no final da temporada passada, ainda não pagou uma parcela de R$ 250 mil euros (mais de R$ 1 milhão). Também não foi estipulado um prazo para quitar o valor.

O valor serviria para o Náutico quitar, no mínimo, duas folhas de pagamento do clube. O Timbu negociou uma redução salarial com os atletas e comissão técnica em 25% – a folha de pagamento de R$ 600 mil caiu para R$ 450 mil em abril. Profissionais do clube que recebem até R$ 5 mil não foram afetados.

De acordo com balanço divulgado pelo Flamengo, o valor da venda foi de R$ 4,9 milhão, superando em R$ 413 mil a negociação de Douglas Santos, em 2013, ao Granada/ESP.

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top