Náutico busca solução para manter condicionamento físico dos atletas em casa

Foto: Léo Lemos/Arquivo Náutico

A paralisação das competições esportivas por conta do coronavírus obrigou os clubes pernambucanos a criarem uma cartilha de treinamento para os atletas enquanto a quarentena permanece. Sem o espaço necessário nas residências e impossibilitados de usar outros espaços, como academias ou até lugares abertos, como praias, os jogadores estão buscando, juntamente com a preparação física, saídas para minimizar a perda da forma física. No Náutico, o preparador do clube, Walter Grassmann, explicou como tem sido o trabalho.

“Vamos começar a experimentar mais a perda de algumas valências físicas. Os atletas foram direcionados para pegar os materiais que usamos nas academias no CT Wilson Campos e levar para sua respectivas casas, realizando algumas atividades que fazíamos aqui. Os trabalhos de resistência força, tracionados, disco de equilíbrio, pesos livres, cama elástica, bolas oficiais, entre outros”, explicou Grassmann.

“Orientamos também com relação à execução das atividades no espaço físico que eles têm a disposição. Alguns prédios possuem restrições na academia e na piscina, por isso vamos passar alguns vídeos orientando alguns trabalhos específicos que podem ser feitos em casa. Se o espaço for maior, eles podem fazer um trabalho de cabeceio, passe e controle de bola. Começamos a ter uma perda de massa magra, força, mas estamos orientando como deve ser a alimentação deles também. Como não podemos mensurar a quantidade de dias que (pandemia) continuará, temos de fazer isso”, completou.

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top