Volta a subir para cinco o número de casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco

Foto: Arthur de Souza/ Folha de Pernambuco

Sobe novamente para cinco o número de casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco. Após dois casos dos cinco suspeitos anteriormente terem sido descartados na manhã desta sexta-feira (28), outros dois novos entraram para a lista de investigações. Os dados atualizados do Covid-19 no Estado foram divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) em coletiva de imprensa realizada no fim da tarde desta sexta no Recife.

Os dois novos investigados são uma mulher de 30 anos, moradora do Recife, que apresentou febre, tosse, dor de cabeça, coriza e fraqueza, e um homem de 36 anos, também residente do Recife que deu entrada em um hospital particular com sintomas como febre, tosse, dor de cabeça e fraqueza. Ambos têm histórico de viagem para Itália e estão em isolamento domiciliar.

Segundo André Longo, as vigilâncias epidemiológicas dos municípios vão acompanhar as pessoas que estão em isolamento em particular. “Existe um protocolo para contato com essas pessoas diariamente, fazendo perguntas chaves para que caso apareça algum sintoma diferente, alguma alteração, eles se dirijam para onde foram atendidos primeiramente”, contou o secretário. 

Ainda de acordo com o secretário, o governador Paulo Câmara enviará um projeto para a Assembleia Legislativa para aumentar, em regime de urgência, o número de cargos no Hospital Oswaldo Cruz, onde se encontram os casos que estão sendo investigados, para ampliar a capacidade de atendimento. “A expectativa é que sejam chamados 120 profissionais divididos em regime de plantão e diaristas para compor o quadro. As vagas serão oferecidas via concurso da Secretaria de Saúde e outros serão chamados por concursos da Universidade de Pernambuco”, afirmou.

A recomendação da secretaria é de que se as pessoas que apresentarem os sintomas  tiverem plano de saúde, dirijam-se para a unidade privada de referência para que a mesma entre em contato com o órgão.

Após receberam relatos que escolas particulares estão recomendando que estudantes que viajaram para o exterior, mesmo que assintomáticos, se afastem por 15 dias, o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia afirmou que evitará esse tipo de medida.“Queremos que nosso material que é produzido para o público em geral seja distribuído para as escolas para diminuir esse tipo de conduta”, declarou.

Segundo ele, a Procuradoria Geral do Município do Recife tomou a iniciativa de fazer uma queixa formal contra o autor da fake News que confirmava a existência de 62 casos confirmados do coronavírus em Unidades de Ponto Atendimento (UPAs) pelo estado. Ele será intimado a depor à justiça.

Entre os casos descartados até o momento estão uma caruaruense de 51 anos que testou negativo para coronavírus e outros 9 vírus respiratórios, um homem de 24 anos, pernambucano residente na Itália, teve resultado positivo para Influenza A (H1N1) e outras duas pessoas, um homem de 32 anos e uma mulher de 25, moradores do Recife, que estavam em contato com o morador europeu e não entraram para lista de suspeitos já que o caso dele também foi descartado.

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top