Santa esbarra na superioridade do Fortaleza e sai derrotado na Copa do Nordeste

Foto: Divulgação / Fortaleza

Em duelo de tricolores válido pela terceira rodada da Copa do Nordeste, o Santa Cruz pouco incomodou o Fortaleza, na Arena Castelão, e foi batido no placar de 3×0. O Tricolor do Arruda segue sem obter resultado positivo na competição regional, com um empate e duas derrotas até então. O próximo compromisso do Santa será no Campeonato Pernambucano, contra o Salgueiro, na terça-feira, às 20h.

Itamar Schülle surpreendeu na disposição tática e colocou Denílson para formar o trio de zaga com William Alves e Danny Morais. Didira, que atuou 90 minutos no jogo da Copa do Brasil na última quarta-feira, foi detectado com alto desgaste físico e não ficou sequer no banco de reservas. O comandante tricolor antecipou a imposição ofensiva do Fortaleza e procurou colocar mais força e sustentação atrás.

Os comandados de Rogério Ceni confirmaram o que era esperado e o Tricolor do Pici ditou o ritmo dos primeiros minutos. Aos seis minutos, Gabriel Silva avançou no lado direito e enxergou Wellington Paulista livre na grande área, mas Danny Morais fez corte certeiro e evitou o primeiro gol da partida. A linha de cinco na defesa coral se provou eficiente na primeira metade do duelo e bloqueou chegadas mais perigosas dos donos da casa. Por outro lado, a proposta do contra-ataque não funcionou em razão da transição com baixa aceleração.

Quando o Tricolor do Arruda tentava priorizar a posse da bola, mostrava pouca criatividade para furar a defesa adversária. Aos 30 minutos, o Fortaleza foi premiado pela superioridade. Deivid recebeu lançamento em profundidade, ganhou na corrida, driblou Maycon Cleiton e só empurrou para as redes. Mesmo com a vantagem, a imposição não foi reduzida, uma característica dos cearenses. Aos 42, a arbitragem apontou pênalti após a bola bater na mão de William Alves dentro da área. Wellington Paulista cobrou com categoria e ampliou o marcador.

Na volta do intervalo, o Santa voltou com Toty no lugar de Paulinho. Mais adiantado, o lateral não conseguiu dar a dinâmica necessária para a Cobra Coral. O Fortaleza, por sua vez, continuava sem dar descanso para os laterais pernambucanos. Romarinho, de um lado, e David, de outro, envolviam o rival e criavam oportunidades com naturalidade.

Aos 28, Carlinhos penetrou na área do time recifense e Junior, displicente, derrubou o adversário. Wellington Paulista cobrou com a mesma categoria e marcou seu segundo gol na partida. Sem poder de reação, restou ao Santa resistir à fadiga e evitar que a equipe cearense pudesse construir uma vantagem maior.  

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 3

Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Michel e Carlinhos; Felipe, Juninho e Osvaldo; David (Vazquez), Romarinho e Wellington Paulista.

Santa Cruz 0

Maycon Cleiton, Júnior, William Alves, Danny Morais, Denílson e Fabiano; Paulinho (Toty), Bileu (Tinga) e Jeremias; Pipico (Mayco Félix) e Patrick Nonato. Técnico: Itamar Schülle

Local: Arena Castelão

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA). Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA) 

Gols: David (aos 30 do 1ºT), Wellington Paulista (aos 43’ do 1ºT e 29′ do 2ºT)

Cartões amarelos: Fabiano (S), Paulão (F), William Alves (S), Felipe (F)

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top