Prefeitura de Caruaru terá que devolver 452 mil reais de merenda escolar

Foto: Edvaldo Magalhães/Rádio Liberdade

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) quer que a Prefeitura de Caruaru, Agreste pernambucano, devolva 452 mil reais. De acordo com relatório de Auditoria, há suspeita de desvio de merenda escolar.

A Procuradoria do Município informou que o processo ainda não foi julgado e que os contratos foram realizados devido à falta de contrato da gestão anterior, já que não poderia iniciar o ano letivo sem merenda.

De acordo com o relatório, a Prefeitura de Caruaru fechou quatro contratos sem licitação com uma empresa distribuidora por dispensas emergenciais. O TCE afirma que isso causou um prejuízo aos cofres públicos de merenda escolar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top