INSS define regras para iniciar pente-fino em 3 milhões de beneficiários

Foto: Edvaldo Magalhães/Arquivo Liberdade

O INSS vai realizar um novo pente-fino para analisar cerca de 3 milhões de processos com indícios de irregularidades. Também há aposentadorias e pensões com pedidos de concessão e revisão na fila há quase dois meses.

A resolução que regulamenta a medida provisória 871 já foi publicada no Diário Oficial da União. Segundo o INSS, existem cerca de 2 milhões de casos e 1 milhão sob suspeita.

O documento cria o pagamento de um bônus de 57 reais aos servidores previdenciários que analisarem e concluírem processos considerados suspeitos. O mutirão também premiará os técnicos e analistas pelo encerramento de pedidos de aposentadorias, pensões, auxílios-reclusão e benefícios assistenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top