Pai é suspeito de estuprar filha deficiente mental em Riacho das Almas

No município de Riacho das Almas, Agreste pernambucano, o pai é o principal suspeito de estuprar e engravidar a filha de 20 anos, deficiente mental. De acordo com a Polícia Civil, a jovem, por conta do transtorno, não soube explicar desde quando os abusos ocorriam.

A delegada Sara Gouveia, que investiga o caso, informou que a mãe da vítima desconfiou das alterações no corpo da filha e notou que se tratava de uma gravidez. A jovem está no quinto mês de gestação.

Como a vítima não tem namorado e o convívio é apenas com a família e poucos amigos, a mãe questionou o marido se ele sabia de alguma coisa, foi quando o pai confessou os abusos que praticava contra a filha.

Após confessar o crime, o homem fugiu. A delegada instaurou um inquérito para investigar o crime. A mãe da jovem está analisando sobre o futuro da gestação da vítima, já que o tempo da gravidez está avançado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top