Policial é preso por apreender pássaros em casas e pedir dinheiro para não denunciar donos

Foto: PM/Divulgação

Um cabo da Polícia Militar foi preso neste domingo (25), em Cumaru, Agreste pernambucano, por fazer apreensões de pássaros silvestres criados em residências e pedir dinheiro para não denunciar os donos dos animais. O delegado Rommel Ricardo Caminha Lima, da Delegacia de Limoeiro, autuou o PM em flagrante por corrupção passiva.

Segundo a polícia, o cabo se apresentava como policial da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma). Ele atuava fardado e com colete balístico. A prisão ocorreu a partir de denúncias feitas por moradores.

O cabo, que está na PM há 28 anos, alegou que estava com dificuldades financeiras. Por isso, justificou que vendia os animais recolhidos. No carro dele foram encontradas nove gaiolas com pássaros como papa-capim, curió, patativa e canário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top