Preso em Pernambuco traficante chefe de facção criminosa na Bahia e Espírito Santo

Foto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou, nesta segunda-feira (03), detalhes da prisão de um homem suspeito de chefiar uma facção criminosa e ter envolvimento de forma direta ou indireta em pelo menos 150 assassinatos na Bahia em um período de cinco anos. A prisão de Willians Alves de Souza Filho, 36 anos, conhecido como “Nem Bomba”, ocorreu em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Policiais civis e militares de Pernambuco, Bahia e Espírito Santo participaram da ação, no último sábado (01), que resultou na prisão do traficante e da mulher dele, Jaqueline da Silva Carvalho, 24 anos, que tem parentes em vitória de Santo Antão.

Segundo a Polícia Militar, a organização criminosa que Willians liderava também é suspeita de realizar assaltos a carros-fortes e a bancos. Em maio deste ano, a quadrilha atacou um shopping no Estado do Espírito Santo em que foram levados 400 mil reais de um carro-forte.

O casal estava em Pernambuco pelo fato do cerco estar se fechando pela Polícia Militar à quadrilha no Espírito Santo e na Bahia. Willians tinha mandados de prisão expedidos pelos dois Estados pelos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. Já a esposa, por tráfico de drogas.

O preso foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Evaldo Lima (Cotel), em Abreu e Lima. A esposa, Jaqueline, foi para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife.

Os dois vão ser transferidos para a Bahia ou para o Espírito Santo onde os mandados foram expedidos. As Secretarias da Segurança Pública dos dois estados vão definir onde ele vai ficar preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top