Dia de Moda discute o universo fashion no Senac Caruaru

 

As letras do compositor Onildo Almeida já avisavam: “A feira de Caruaru faz gosto a gente ver, de tudo que há no mundo nela tem para vender”. E, na indústria de vestuário, a Capital do Forró segue fazendo jus à famosa canção: ao lado de 12 municípios pernambucanos, Caruaru compõe o segundo maior polo industrial de roupas no Brasil, perdendo apenas para São Paulo. Com o objetivo de despertar novos talentos profissionais e incentivar esse mercado na região, o Senac promove, no próximo dia 31 de outubro, o evento Dia de Moda, que será realizado no Centro de Convenções da instituição (Av. Maria José Lyra, nº 140, Indianápolis).

“Durante muito tempo, o consumo de produtos de moda era visto como supérfluo, mas essa realidade foi mudando aos poucos. Diversas avalanches assolaram outros setores da economia, mas a indústria de vestuário encontrou terreno fértil e se estabeleceu”, comenta o instrutor de moda do Senac Caruaru, Luiz Clério Duarte. “Desde 2013 o polo de Pernambuco vem em franco desenvolvimento, com mais de oito mil novos empreendimentos. Esses estabelecimentos não estão investindo alto, por conta da recessão, mas não estão no vermelho”, complementa.

Há 13 anos, uma força-tarefa se instalou no Agreste com o objetivo de profissionalizar o setor produtivo de roupas, trazendo ares de competitividade para a região. “Somos importantes na geração de emprego e renda, além de sermos um motor na economia do Estado. Escolas profissionais como o Senac se estabeleceram e estão contribuindo no desenvolvimento do setor. A moda gera o consumo, faz a roda girar. Não há consumo se não houver o despertar do desejo, e quem gera o desejo é o conceito de moda”, acrescenta Luiz Clério.

O Dia de Moda Senac reúne, das 10h às 21h30, especialistas com o objetivo de promover o setor e gerar uma troca de experiências entre profissionais da área, empresários e formadores de opinião. O evento inicia com um debate formado por blogueiras de moda, que irão discutir “As Insta Celebs e o Poder da Influência”. No painel, participam nomes como a personal stylist Dady Parra e a consultora de moda Jacque Tamboo. O evento abre espaço também para a leitura, com o escritor Eduardo Motta lançando os livros Espedito Seleiro e Alfaiataria.

Em seguida, o autor participa de um bate-papo sobre tendências com os instrutores de moda Luiz Clério Duarte e Karina Fernandes. Os participantes também poderão usufruir de um lounge com DJs e exposições de peças produzidas pelo estilista pernambucano Melk Z-Da e pelos alunos do curso de Design de Moda da Faculdade Senac Pernambuco – avaliado pelo Enade/MEC como o melhor do Estado. Outra novidade é a mostra de bijuterias produzidas pela impressora 3D do Armazém da Criatividade. As peças serão produzidas pelos designers Joana Quariquasi, Joicy Eliny, Kassio Lopes, Duda Leal, Brisa Estalião, as duas últimas são ex-alunas do Senac. Por fim, para fechar a programação, desfiles das coleções de verão da Dijolly e Scaven.

De acordo com Luiz Clério, o evento vai despertar o interesse da população local de investir em uma área onde há alta demanda de trabalho. “Há diversas habilidades e competências nas atividades do setor. Em Caruaru, e nas outras cidades do polo, não trabalha quem não quer. O setor vive em necessidade constante de mão de obraO mercado precisa de um profissional proativo, dinâmico, moderno e curioso”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top