Chuvas regularizam barragens que atendem Gravatá e racionamento na cidade é reduzido

Foto: Compesa/Divulgação

As chuvas continuam a beneficiar mais cidades com melhorias no abastecimento de água no Agreste. Em Gravatá, a  Compesa conseguiu reduzir o rodízio em virtude da recuperação dos níveis dos três mananciais que atendem o sistema da cidade, e que estão vertendo: as barragens de Vertente Doce, Brejinho e Cliper.

O novo calendário de Gravatá já foi divulgado e segue um rodízio de dois dias com água e oito dias sem. Durante o período de seca, a população recebia água a cada 15 dias.

Duas obras hídricas estruturadoras foram pensadas pelo  governador Paulo Câmara  para ampliar a oferta de água para Gravatá:  a Adutora do Agreste e a Adutora de Serro Azul. A obra da Adutora do Agreste  está em execução e atenderá, além de Gravatá, mais 67 cidades, por meio das águas da Transposição do Rio São Francisco.

Já a Adutora de Serro Azul, que tem uma audiência pública agendada para o próximo dia 4, em Bezerros, transportará água da Barragem de Serro Azul, em Palmares, na Mata Sul, para dez cidades do Agreste. Em Gravatá, a Compesa atende 80 mil moradores e  mais uma população flutuante de 30 mil pessoas atraída pelo turismo e eventos realizados na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top