TSE absolve chapa Dilma-Temer por 4 votos a 3

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por 4 votos a 3, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu nesta sexta-feira (09) a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer da acusação de abuso de poder político e econômico na campanha de 2014.

A maioria dos ministros considerou que não houve lesão ao equilíbrio da disputa. Com isso, livrou Temer da perda do atual mandato e Dilma da inelegibilidade por 8 anos.

O voto que desempatou o julgamento foi proferido pelo ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, o último a se manifestar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top