Defesa do ex-presidente Lula recorre ao STJ para adiar depoimento

Foto: Filipe Araújo

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para adiar o depoimento marcado para esta quarta-feira (10). A defesa pede a suspensão do processo por 90 dias para poder analisar documentos. O recurso também pede para que o STJ considere o juiz Sérgio Moro suspeito para julgar a ação penal.

Os advogados de Lula já haviam recorrido ao Tribunal Regional Federal da Quarta Região que negou. O depoimento do ex-presidente com o juiz Sérgio Moro está marcado para o início da tarde, em Curitiba, Paraná.

O policiamento foi reforçado no entorno do prédio da Justiça Federal. No local, foi feito um bloqueio, que se estende por um raio de 150 metros. No perímetro, só entra quem está cadastrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top