Monsenhor Bosco é sepultado em Bezerros após ser velado em Caruaru

O corpo do Monsenhor João Bosco Cabral foi sepultado na tarde desta sexta-feira (21), em Bezerros. O religioso faleceu no final da quinta-feira (20), em Caruaru, aos 86 anos, por falência múltipla dos órgãos, em decorrência de um câncer na próstata. Ele estava internado há 15 dias.

Em Caruaru, o velório aconteceu na Igreja da Conceição. Na manhã desta sexta, o cortejo religioso seguiu para Bezerros, onde o corpo foi velado na Matriz de São José. O sepultamento aconteceu no Cemitério Nossa Senhora do Rosário, após missa celebrada pelo Bispo Dom Bernardino Marchió.

O corpo foi velado na Igreja da Conceição e sepultado em Bezerros (Foto: Karrla Oliveira)

Monsenhor Bosco nasceu em Bezerros em 1931 e desde os 12 anos, quando entrou no Seminário, se dedicou à vida religiosa. Após concluir os estudos, ele cursou Filosofia e Teologia, em Olinda, e em 1956 retornou para Caruaru, onde foi ordenado padre pelo então Bispo Dom Paulo Hipólito.

No ano seguinte, ele foi ordenado vigário ecônomo da Catedral Nossa Senhora das Dores onde ficou até o ano de 1984. Neste mesmo ano ele foi transferido para o Recife e em 1996 retornou para Caruaru e ficou responsável pela Capela de Nossa Senhora da Conceição.

Nos últimos dois anos Monsenhor Bosco estava à frente da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Bezerros. Em 2016 ele completou 60 anos de sacerdócio, sendo um dos mais antigos de Caruaru.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top