Em Caruaru, Ministério Público questiona criação de cargos na Prefeitura

O Ministério Público de Pernambuco fez uma recomendação à prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, sobre a Lei da Reforma Administrativa. De acordo com publicação no Diário Oficial desta terça-feira (28), a intenção é que a prefeita promova a edição de ato normativo que estabeleça critérios objetivos para a nomeação dos 523 cargos comissionados.

A decisão também questiona cargos em comissão de livre nomeação, nenhum cargo efetivo e aumento de despesa de pessoal, contrariando o que foi proposto. Para o promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Caruaru, Marcus Tieppo, a Prefeitura poderia extinguir os cargos em comissão desnecessários para reduzir a despesa com pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top