Eleições 2018 Notícias Últimas Notícias

TRE-PE indefere candidaturas do PCO em Pernambuco

Foto: Divulgação

Por não apresentar o CNPJ à Justiça Eleitoral de Pernambuco, todas as candidaturas do Partido da Causa Operária (PCO) , foram indeferidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), nesta segunda-feira (17), último dia de julgamento dos registros de candidaturas. O partido contava com Ana Patrícia Alves como candidata ao governo estadual e Gilson Lopes como postulante a vice. Os candidatos Alex Lima Rola (Senado),Victor de Assis (deputado federal) e Manassés André (deputado estadual), além de três suplentes também tiveram seus registros indeferidos.

De acordo com o TRE-PE, o partido tinha 30 dias para apresentar o CNPJ do diretório estadual, o que não foi feito. O PCO informou que recorreu contra a decisão do TRE-PE. O recurso será julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidirá se o partido poderá concorrer sub judice às eleições em Pernambuco.

Outros julgamentos – Ao todo, 950 candidaturas foram deferidos e 25 foram deferidas com recurso. Outros 62 candidatos foram indeferidos e 21 tiveram a candidatura indeferida com recursos. Houve 28 renúncias. Ao todo, o TRE-PE recebeu 19 impugnações de candidaturas e quatro delas foram acolhidas pelo pleno e, depois, indeferidas. Foram deferidos 19 Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (DRAPs), um deles com recurso e outro, indeferido. O TRE ainda aprecia nove candidaturas de substitutos recebidas na semana anterior ao fim do prazo de julgamento ainda não julgadas.

 

Do Blog da FolhaPE

 

Deixe seu comentário