Agenda Cultural Últimas Notícias

Produções do cinema francês são atrações para o público de Arcoverde

A produção cinematográfica da França é uma das mais ricas do mundo. E o público de Arcoverde terá a oportunidade de prestigiar longas e curtas-metragensnesta quinta (14/6) e sexta-feira (15/6) durante o Festival Varilux de Cinema Francês. As sessões são gratuitas acontecem no Teatro Geraldo Barros, no Sesc.

A programação desta quinta-feira começa às 14h e conta com os curtas “A Carícia (La Caresse)”, de Morgane Polanski; “Bonita (La Belle à Croquer)”, de Axel Courtière; “Le Bleu Blanc Rouge de Mês Cheveux”, de Josza Anjembe; “Les Bigorneaux”, de Alice Vial; e “Kapitalists”, de Pablo Muñoz Gomez. À noite, a partir das 19h30, será exibido “Promessa ao Amanhecer (La Promesse De L´aube)”, de Eric Barbier.

Na sexta, a partir das 14h, tem dois curtas: “Garden Party”, de Florian Babikian Vincent Bayoux, Victor Caire Théopile Dufresne, Gabriel Grapperon e Lucas Navarro; e “Pepe Le Morse”, de Lucrèce Andreae. Na sessão da noite, que começa às 19h30, fecha o festival o filme “O Poder de Diane (Diane A Les Épaules)”, deFabien Gorgeart.

O Festival – Este ano, as produções francesas estão percorrendo o Brasil e vão passar por cerca de 60 cidades. O evento, que no ano passado conquistou o ranking de maior festival francês do mundo, levou 180 mil pessoas aos cinemas apontando um crescimento de 15% em relação ao ano anterior. Em 2018, são 20 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa e um clássico. Além da exibição dos filmes, as atividades paralelas contemplam debates com os integrantes da delegação (atores e cineastas), ações e sessões educativas, laboratório franco-brasileiro de roteiros, sob a coordenação de François Sauvagnargues, especialista de ficção e ex-diretor geral do FIPA, o Festival Internacional de Programação Audiovisual (Biarritz, França). O Festival é produzido pela Bonfilm, tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura – por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura  – por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Programação

Quinta-feira (14/06) 14h

“A Carícia (La Caresse)”, de Morgane Polanski (classificação – 12 anos)

“Bonita (Belle à Croquer)”, de Axel Courtière (classificação – 12 anos)

“Le Bleu Blanc Rouge de Mês Cheveux”, de Josza Anjembe (classificação – 14 anos)

“Les Bigorneaux”, de Alice Vial (classificação – 14 anos)

“Kapitalists”, de Pablo Muñoz Gomez (classificação – 14 anos)

19h30

“Promessa ao Amanhecer (La Promesse De L´aube)”, de Eric Barbier (classificação – 12 anos).

Sexta-feira (15/06) 14h

“Garden Party”, de Florian Babikian, Vincent Bayoux, Victor Caire, Théopile Dufresne, Gabriel Grapperon e Lucas Navarro (classificação – 10 anos)

“Pepe Le Morse”, de Lucrèce Andreae (classificação – 10 anos)

19h30

“O Poder de Diane (Diane A Les Épaules)”, de Fabien Gorgeart (classificação – 12 anos)

Deixe seu comentário