Náutico derrota Sampaio Corrêa e chega a dez jogos invicto – Rádio Liberdade
Notícias Últimas Notícias

Náutico derrota Sampaio Corrêa e chega a dez jogos invicto

Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Anote aí, torcedor alvirrubro: agora são dez jogos de invencibilidade do Náutico na temporada 2019 (seis vitórias e quatro empates). A marca foi ampliada na noite desta quinta (7), nos Aflitos, com a vitória por 2×1 diante do Sampaio Corrêa, pela Copa do NordesteMaxuell marcou para os visitantes, enquanto Hereda Robinho balançaram as redes para os mandantes. O resultado tirou o Timbu da lanterna da Grupo B e fez o técnico Márcio Goiano igualar a mesma sequência invicta obtida em 2018.

Os torcedores que estavam na arquibancada central dos Aflitos tiveram visão privilegiada das ações ofensivas do jogo. Quase todas aconteciam pela mesma lateral do gramado. No Náutico, representava o lado direito, apoiado por Hereda e Thiago. No Sampaio, era a esquerda, com Patric. Nada mais normal, então, do que os dois primeiros gols da partida saírem justamente por ali.

Aos 19, Maxuell recebeu ótimo lançamento pela esquerda, dominou a bola com capricho e fuzilu o gol de Bruno. A resposta alvirrubra veio pouco tempo depois. Com o “pé ruim”, Hereda soltou a bomba de esquerda para empatar o duelo nos Aflitos. O gol foi acompanhado de mais festas minutos depois, quando Patric recebeu o cartão vermelho após falta dura em Thiago. Mesmo com a vantagem numérica dos alvirrubros, o confronto seguiu equilibrado e o 1×1 se manteve o fim da primeira etapa.

Sampaio tinha mais 45 minutos para sustentar o empate, mas sucumbiu em três. O estreante Danilo Pires tocou para Odilávio, que deixou para Robinho. O atacante bateu colocado e colocou o Náutico na frente do marcador. Mais solto em campo, o Timbumanteve a pressão em cima dos visitantes. Robinho, por duas vezes no mesmo lance, quase fez o segundo gol dele em chutes que a zaga do Sampaio salvou. Depois foi a vez de Rodrigo fazer um milagre em cabeçada de Rafael Ribeiro.

O conforto da vitória momentânea não tirava a ansiedade da torcida alvirrubra em ver o time concretizar o triunfo com um terceiro gol. Mas não foi preciso. O placar de 2×1 foi suficiente para cravar o segundo triunfo dos pernambucanos no Nordestão e o sexto em uma sequência de dez jogos sem derrotas no ano.

Ficha técnica:
Náutico 2
Bruno; Hereda, Rafael Ribeiro, Sueliton e Josa; Jiménez (Maylson), Luiz Henrique e Fábio Matos (Danilo Pires); Robinho, Thiago e Odilávio (Rafael Assis). Técnico: Márcio Goiano

Sampaio Corrêa 1
Rodrigo Carvalho; Wanderson, Vítor Salvador, Odair Lucas e Patric Calmon; Patrick Mota, Dedé (Salatiel) e Eloir; Edgard (Cristian), Lucas e Maxuell Samurai (Cleitinho).Técnico: Julinho Camargo

Local: Estádio dos Aflitos
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE). Assistentes: Daniel Vidal Pimentel (SE) e Wendel Augusto Lino de Jesus Melo
(SE).
Gols: Maxuell (aos 19 do 1ºT), Hereda (aos 29 do 1ºT) e Robinho (aos 3 do 2ºT)
Cartões amarelos: Fábio Matos, Josa (N); Patric, Rodrigo, Lucas, Anderson (S)
Cartão vermelho: Patric (S)
Renda: R$ 44.949,00
Público: 3.954

Do Portal FolhaPE

 

Deixe seu comentário