Escritor Miro Ribeiro re-lança livro no 21º FESTIC – Rádio Liberdade
Agenda Cultural Últimas Notícias

Escritor Miro Ribeiro re-lança livro no 21º FESTIC

Com o livro “Para criança meter o nariz: Novo teatro para infância e juventude“, da editora Kazuá, o escritor, ator e diretor macaparanaense apresenta três dramaturgias voltada para as crianças sem cair no “infantilóide”. O relançamento será no próximo sábado (12), compondo a programação do 21º FESTIC – Festival de Esquetes e Teatro Infantil de Caruaru, Teatro João Lyra Filho, às 15h. 
Músico, compositor, ator, diretor, escritor, cordelista, produtor cultural e arte-educador, tendo sido licenciado em Música pela UFPE – Universidade Federal de Pernambuco, Miro Ribeiro começou sua iniciação musical em bandas marciais e fanfarras, mas enveredou formalmente seus estudos musicais no CEMA – Centro Cultural Moraes de Andrade indo depois para a Escola de Artes João Pernambuco, Centro de Criatividade Musical do Recife e Conservatório Pernambucano de Música. 
Estudou teatro pela Escola de Artes João Pernambuco, tendo participado de grandes festivais pelo país. Atua também como arte-educador em vários projetos sociais voltados para inclusão social como o Instituto Peró, Instituto de Música Dom da Paz e Colégio Souza Leão.

É membro fundador do Grupo de Teatro Longânime – no qual atua como diretor, ator e dramaturgo desde 2005. É pesquisador no NUPETI – Núcleo de Pesquisa em Teatro para Infância no Instituto Benfica/UFPE. Entre seu principais trabalhos no teatro destacam-se: Chuva Chuvarada; Dias sem Sol; Um menino num rio chamado tempo; A caixa Encantada; O claro caminho de Clara; Os sertões; Adoleta, era uma vez Um Cravo e o Senhorito Borboleta. Como escritor, tem livros de poesias e textos publicados, além de cordéis e diversas dramaturgias escritas e encenadas.

“O livro ‘Para criança meter o nariz: Novo teatro para infância e juventude’ reúne três dramaturgias que abordam questões pouco discutidas com a criança, tais como o machismo, violência contra mulher, questões de gênero, ganância, preconceitos e morte. Os temas são abordados com muita sensibilidade e sem o didatismo ‘infatilóide’ imposto normalmente nas obras dramatúrgicas para infância e juventude, mostrando que é possível conversar com a criança sobre qualquer coisa, trabalhando o desenvolvimento de sua capacidade crítica e ampliando sua visão de mundo. Os textos são dinâmicos e podem ser lidos e montados na escola, por grupos amadores e/ou profissionais, com poucos ou muitos atores, podendo ser encenado como simples leituras dramáticas ou transformados em grandes musicais já que a obra vem acompanhada pelas cifras e partituras compostas pelo autor. É uma obra forte e sensível, politizada e poética, dramática e afetuosa, educativa, mas não didática. Merece ser apreciada vagarosamente como uma brincadeira de roda, divertida, mas que necessita atenção. Uma leitura imperdível!”, convida o escritor.
O evento de relançamento acontecerá no hall do Teatro João Lyra Filho, às 15h, após o espetáculo infantil “Um Menino Num Rio Chamado Tempo” no Teatro João Lyra Filho. O público poderá assistir a apresentação, comprar o livro, receber autógrafo na publicação e debater com o escritor. Ingressos a R$ 10,00 (preço único).

Deixe seu comentário