Com Pipico inspirado, Santa vence e assume a vice-liderança – Rádio Liberdade
Notícias Últimas Notícias

Com Pipico inspirado, Santa vence e assume a vice-liderança

Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O faro do artilheiro fez a diferença no Arruda. Em noite inspirada, Pipico marcou duas vezes e ajudou o Santa Cruz a bater o Confiança por 3×1, neste domingo (09). Essa foi a terceira vitória do treinador Milton Mendes em três jogos, mantendo os 100% de aproveitamento. Com o triunfo, a Cobra Coral alcançou a vice-liderança do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C.

Em alta e querendo manter os 100% de aproveitamento, o técnico Milton Mendes manteve o time titular que bateu o Imperatriz, na rodada anterior. Com essa “engrenagem” já entrosada, o Santa Cruz começou sufocando o adversário. E o resultado não demorou a aparecer. Logo aos quatro minutos, aproveitou cobrança de escanteio e subiu mais alto que todo mundo para abrir o placar e fazer a festa no Arruda: 1×0. Com mais volume de jogo, a Cobra Coral conseguia controlar bem os visitantes, mas tinha dificuldade na criação. Como não vinha inspiração com a bola rolando, os tricolores quase ampliaram na bola parada. Em bomba de Charles, Jean deu rebote, mas se recuperou ao sair nos pés de Allan Dias e abafar a finalização,

Para conseguir destravar a situação, nada melhor que o faro do artilheiro. Aos 31 minutos, após lançamento, a bola sobrou para Pipico dominar dentro da grande área e chutar cruzado para fazer o Arruda voltar a explodir em festa. A única chance do Confiança veio aos 43 minutos do segundo tempo, mas Anderson fez boa defesa em cabeçada de Marcelinho, que surgiu nas costas de Bruno Ré.

Na segunda etapa, o quadro se modificou. Precisando reagir, a equipe sergipana saiu mais para o jogo e assim também se expôs mais. Aos sete minutos, Rafael Villa, um dos melhores jogadores do time, fez jogada individual e Anderson fez bela defesa após chute rasteiro. Sem muita criatividade e esbarrando nas suas limitações técnicas, o Confiança não conseguia pressionar, com os tricolores chegando a equilibrar e até a voltar a mandar no jogo. Mas, aos 31 minutos, um susto. Após escanteio cobrado, Rafael Villa desviou de cabeça, a bola encobriu Anderson e Pingo completou de carrinho para diminuir a diferença.

A gol parece ter acordado a Cobra Coral, que abusou de perder gols. Mas, o artilheiro foi novamente chamado para resolver o problema. Aos 43 minutos, a zaga sergipana vacilou e Pipico mandou a bomba rasteira para decretar a vitória tricolor, a terceira de Milton Mendes em três jogos.

Ficha técnica

Santa Cruz 3
Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Bruno Ré; Charles, Allan Dias e Dudu (Patrick Vieira); Everton, Misael (Elias Carioca) e Pipico. Técnico: Milton Mendes.

Confiança/SE 1
Jean; Thiago Ennes, Vinícius Simon, Anderson e Radar; Amaral, Everton, Thallyson e Rafael Villa; Marcelinho (Pingo) e Renan Gorne (Tito). Técnico: Daniel Paulista.

Local: Estádio do Arruda (em Recife). Árbitro: Andrey da Silva (PA). Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Bárbara Roberta da Costa Loiola (ambos do PA). Gols: João Victor (aos 4 do 1ºT) e Pipíco (aos 30 do 1ºT e aos 43 do 2ºT). Pingo (aos 31 do 2ºT). Cartões amarelos: Allan Dias, Elias Carioca, Bruno Ré, Charles e Pipico (Santa). Vinícius Simon (Confiança). Público e renda: não divulgados.

Do Portal FolhaPE

 

Deixe seu comentário