Destaques Notícias Últimas Notícias

Bruno Araújo pede demissão do Ministério das Cidades

Bruno Araújo (Foto: Agência Brasil)

O presidente Michel Temer recebeu, na tarde desta segunda-feira (13), o pedido de exoneração do ministro das Cidades, Bruno Araújo. Temer dará início agora a uma reforma ministerial que estará concluída até meados de dezembro.

A saída de Bruno Araújo do Governo Temer reforça a pressão de outros partidos, em especial o ‘centrão’, que agrega siglas como PP, PR, PTB, PSD e PRB. Ele é o primeiro ministro do PSDB a pedir demissão diante das movimentações da cúpula do partido para desembarcar do governo Temer. Além dele, há outros três do PSDB: Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Luislinda Valois (Direitos Humanos).

Os outros partidos da base aliada cobram do presidente a realização de uma reforma ministerial nas próximas semanas para destravar a pauta de votações no Congresso, principalmente a reforma da Previdência.

O Ministério das Cidades é a pasta mais desejada pelos partidos, por ter um orçamento gordo e por executar ações que podem ser entregues em prazo relativamente curto. Além disso, o ministério tem obras espalhadas por milhares de municípios – bases eleitorais dos deputados que querem controlar suas atividades.

 

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: